O Acre Existe: Los Porongas

Morar fora do seu estado natal faz com que as coisas da terrinha tenham mais significado, acopladas com lembranças e nostalgia. Como sou a rainha do saudosismo, decidi fazer um espaço no blog para falar sobre coisas do Acre. Até porque, nós temos fama de bairristas. Então está declarado o espaço ‘O Acre Existe’, brincando com aquela piada que todo acreano já ouviu alguma vez na vida. Para começar, escolhi a banda de rock autoral mais famosa do Acre: Los Porongas.

Eu pretendia começar com outro tema, porque né, muito batido apresentar os Los Porongas de primeira. Mas essa semana descobri que a banda iniciou um projeto no Catarse para viabilizar o seu terceiro CD, depois disso, não resisti. Tive que começar com eles.

Com mais de 10 anos de estrada, o Los Porongas é uma banda que começou tocando em saraus na Universidade Federal do Acre (Ufac) e produziu show e festivais independentes em Rio Branco. Uma galera que sempre movimentou as atividades culturais na capital acreana. A banda é formada por Diogo Soares (voz), Carlos Gadelha (guitarra), Márcio Magrão (baixo) e Jorge Anzol (bateria). Originalmente, João Eduardo era o guitarrista da banda, mas em 2011 ele decidiu se afastar. Mas até hoje faz apresentações especiais e trabalha na produção do grupo.

O primeiro CD, que leva o nome da banda, foi eleito pela Rolling Stone como um dos melhores álbuns brasileiros de 2007. O segundo disco, ‘O Segundo Depois do Silêncio’ foi lançado em 2011. Como viver de música autoral é quase impossível no Acre, ele mudaram para São Paulo há alguns anos. Mas sempre dão uma volta pela terrinha para fazer shows.

O terceiro álbum já está sendo produzido e vai contar com a participação do João Leão (Saulo Duarte e a Unidade), Henrique Portugal (Skank), Dado Villa-Lobos (Legião Urbana), Bruno Gouveia (Biquíni Cavadão), João Vasconcelos (ex-Los Porongas) e Fernando TRZ (Cérebro Eletrônico/Lavoura). É um projeto que vale a pena apoiar, então clica aqui e descubra como ajudar a banda.

Separei algumas das minhas músicas preferidas e também o single “Ao sul das coisas”, que vai fazer parte do terceiro CD. Para quem gosta de rock nacional, é uma banda que vale a pena acompanhar. E, principalmente, ver um show, porque eles arrasam e o vocalista tem uma excelente presença de palco.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s