O silêncio do desassossego

Meu silêncio é inversamente proporcional a quantidade de coisas que estão acontecendo na minha vida, interna e externamente. Últimos dias no trabalho, após pedir demissão. Os resquícios da alagação, que trazem muito trabalho e bastante reflexão. As contas e pendências que devem ser resolvidas antes da viagem. A falta de dinheiro do fim do mês. As tentativas de fazer uma poupança, que falham todas as vezes. Os dias de turista com a família do sul, que está na cidade. As manifestações do dia 15 de março, que ainda estão reverberando aqui dentro. Às vezes é melhor ficar quieta do que falar besteira. Depois do silêncio, muitas coisas vão ter que ser contadas e analisada. Aos poucos vou atualizando as coisas por aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s